Home

Acumuladores de decoração.

acumuladores

Você é um acumulador? Ninguém admite mas todos nós temos um pouquinho de acumulador. Estou falando hoje de Acumuladores de decoração. Quantas vezes saímos por aí querendo comprar sem necessidade, compramos coisas que depois nem sabemos o que fazer com elas, queremos tudo e ao mesmo tempo. Não vou falar aqui de lixo ou a acumulação compulsiva, que chega a ser um probleminha de personalidade. O assunto é mais leve, porém que devemos também levar em conta. Levamos uma vida para comprar a casa dos sonhos ou realizar a reforma perfeita, decoramos tudo de forma impecável, aí então depois de algum tempo nos deparamos com uma visão totalmente diferente daquela que planejamos cuidadosamente. A sala está mais cheia, tem mais objetos agora. Como assim?  Isto é apenas o resultado de seu comportamento, saindo e trazendo para casa tudo que acha de bonitinho, fofo, engraçado. _  Não combina com nada mais é lindo! Cada viajem é uma lembrancinha, peças para dizer onde estivemos. E onde colocamos? Adivinha só…Na sala, nosso lugar preferido para coisinhas fofas, onde com certeza nossas  visitas vão poder ver e ficarem babando.

Acumuladores

E notaram que tem sempre um cômodo da casa, meio abandonado? O chamado lugar morto, aquele em que ninguém fica, por onde apenas passamos? Então fica lá, vazio e abandonado. Uma prova de que não estamos distribuindo bem ou decorando de forma adequada.

Na última vez em que dei uma reforma aqui em casa, quis colocar um papel na parede do meu quarto, e dar uma caprichada, aí alguém me disse: – Pra que isso? Ninguém vai ver mesmo. Como assim? Eu vou ver, estou arrumando para meu conforto.

E é assim que muita gente se comporta quanto à espaços menos frequentados da casa. Preferem colocar tudo só na sala, ou só na cozinha. Então vamos rever e repensar nosso ambiente, e nosso comportamento, afinal o fim do ano está ai, época em que gostamos de mudar algumas coisas e dar uma renovada para começar de novo.

E se o caso for mudar  para uma casa ou apartamento menor, e você tenha objetos de valor do tipo sentimental, reveja, escolha alguns e exponha em lugares que você mais gosta,  outros em lugares em que só você veja, outros ainda, guarde. E se não conseguir se desfazer de muitos, saiba que a moda de armazéns de aluguel já esta muito forte por aqui. Meu marido mesmo, tem um “quartinho alugado que serve de depósito de peças de seu trabalho e até de algumas coisas nossas. É uma solução para se pensar.                                                 Então vamos rever e repensar nosso ambiente, e nosso comportamento, afinal o fim do ano está ai, época em que gostamos de mudar algumas coisas e dar uma renovada para começar de novo.

Lembre-se destas regrinhas: Menos é mais, Não acumule, Liberte-se, Deixe a energia circular em seu ambiente. Não precisamos de muitos objetos para dizer quem somos, se mesmo assim achar dificuldade, observe sites, blogs, revistas e até lojas de decoração, o importante é não perder o foco. Até o p.p.

imagens – Internet e casa b.b

 

Deixe uma resposta